Não sei o que me deu...

8 de julho de 2013

Quer dizer, secalhar até sei...
Deu-me uma crise, num minuto estava mal por causa de uma coisa que a minha mãe fez, como no outro momento já me estava a passar com tudo e com nada, deu-me um aperto por dentro, comecei a ter de controlar a respiração, depois a minha mãe veio a minha beira, ajoelhou-se e perguntou-me o quê que eu tinha e eu disse que não sabia... Ela deu-me água com açucar. Aquele barulho começou a enervar-me, tudo me enervava.
Apetecia-me explodir, partir tudo, sei lá...
Falamos do que a minha tia tem feito a minha mãe e de desilusões que eu tenho com toda a gente, e a minha mãe, a minha prima e a minha tia disseram-me que eu devia de deixar de me preocupar com o que os outros fazem dizem ou pensam, tenho sim de pensar em mim e preocupar-me comigo.
"Podes perder os melhores anos da tua vida se só te preocupares com quem não deves!"
E eu não faço isso, pelo menos não como acontecia antes...
E depois deu-me as saudades, falamos disso também.
Deu-me de tudo, estava mesmo mal, não sei mesmo o que me deu mas eu estava mesmo a explodir por dentro...
Depois tentei animar-me e para aliviar a cabeça fui dançar com a minha prima pois estava lá um coreógrafo de danças brasileiras, foi giro.
Mas hoje ainda estou um pouco mal e continuo sem saber porquê, mas vou fazer por me animar...
Durante aquele episódio todo estava num Karaoke numa esplanada repleta de gente, estava num canto mas quando me deu aquela crise quem estava ao redor ficou a olhar.
Não sei o que me deu, não sei mesmo... 

7 comentários:

  1. Poderá ter sido uma desregularização hormonal. Se estás a atingir a idade adulta, é normal. Força ;)

    ResponderEliminar
  2. r: nao estava a falar do meu namorado :s

    ResponderEliminar
  3. AS vezes acontecem sentirmos coisas que não sabemos de onde elas vêm.Acho que elas tem razão e não deves dar importância a certas coisas e a algumas pessoas,as desilusões fazem parte da vida e temos que aprender a viver com elas.

    ResponderEliminar