Qui lhiindo!

9 de março de 2014

Eu podia falar do dia de ontem desde que acordei até à hora do concerto, mas não o vou fazer.
Foi cansativo, foi basicamente andar a preparar tudo para o concerto, testar o som, tudo.
Vou começar onde começa a "loucura". 
Acabou a missa e marcamos com o rapaz que abre o colégio às 19h15, eram 19h45 e ele ainda não tinha chegado, mas quem tinha chegado? A mãe do L. com a comida do mac, como estava tudo fechado a gente não tinha onde jantar e a comida a ficar fria, o quê que a gente faz? Senta-se no chão em rodinha a comer!
Às oito horas já começou a chegar gente para ver o concerto e a gente a entrar em stress por estar tudo fechado.
Finalmente eram mais ou menos 20h15 quando chegou o homem!
Fomos lá para dentro a correr, porque ainda tínhamos de nos trocar e tudo.
Confusão na casa de banho das mulheres, aquilo era roupa, pastas, maquilhagem, sapatos, tudo por todo o lado!
E também confusão na casa de banho ao lado, porque o L. parecia estar revoltado com o caixote do lixo que a gente só ouviu aquilo de um lado para o outro e ele a bufar, entende-se, as casas de banho eram mini!
Chegou a hora, um grupo lá do colégio fez a abertura, foram espectaculares!
Depois foi a nossa vez, um a um fomos cantando as nossas musicas.
Quando chegou a minha vez a minha família (estavam lá 13 pessoas, mas quem fazia o barulho todo eram 4 mulheres!), assobiava, gritava pelo meu nome, eu já estava nervosa, e aquela gente, super carinhosa, só piorava!
Mas consegui, cantei, não falhei. No fim a fila dos escuteiros, dos catequistas e da família do L. gritou: "Ah, fadista!" assustaram-me, porque gritaram super alto e eram muitos homens.
Ainda voltei a cantar, "Conquistador" com a A. e a D., todos gostaram e aplaudiram imenso.
A minha mãe disse que um homem que estava ao pé dela disse " Esta rapariga tem uma voz... Gostava de a ouvir sem o microfone, que potência!"
No fim, a A. chamou todos ao palco, entregou um "certificado de participação" e uma clave de sol super fofa a todos.
Nós fizemos todos fila, abraça-mo-nos uns aos outros enquanto o L. cantava "Virar a Página" dos Anjos, título a partir deste concerto vale muito para nós.
Depois eles começaram a tocar "Maria" dos Xutos outra vez, e nós começamos todos aos saltos no palco.
O público adorou.
Já estávamos a arrumar e pouca gente estava no auditório já quando o F. do gj, começou a cantar homem do leme, e a gente canta também claro.
Arrumamos tudo e fomos embora.
Foi lindo!
Hoje de manhã recebemos uma mensagem da A. a agradecer todo o esforço, e que estivemos todos muito bem e que foi espectacular!
Depois recebo uma mensagem da J. a dizer: "Desculpa ser uma chata xd estiveste muito bem, parabéns louquinha! Gosto muiiiitooo de tiiii! <3"
Isto da chata, ela disse porque a rapariga estava super nervosa, e então estava sempre a cantar a música dela, e era sempre a mesma parte, então nós estávamos sempre a mandá-la calar na brincadeira.
E sexta feira os meninos do grupo vão a um jantar, estas amizades são para manter!
35 esperanças

I am soo f**king nervous!!

8 de março de 2014

This is it!




Hope is so much stronger than fear!


Lets do this!










1 esperanças

Desculpem...

O post não tem imagem porque estou no tele e não sei porquê, mas não consegui carregar nenhuma.
Mas não é por isso que estou a pedir desculpa....
É por ter estado tão ausente, e quando voltei foi para escrever o que escrevi no post anterior.
Eu já vos disse que quando fico mais ausente é porque estou muito ocupada, com muita coisa para fazer e tal. Só é bom para mim acreditem.
Hoje é que foi um dia um pouquinho mais stressante, como reparam...
Mas vim agora do ensaio para o musical de amanhã...
Ai! O tal musical em que eu vou cantar a chuva da Mariza, é amanhã! Que me-do.
Façam rezas, acendam velinhas e façam figas e tudo mais para que corra tudo bem sim?
Vai ser tão lindo *.*
Pronto, como estava a dizer, no ensaio aliviei o stress todo, os meus meninos e meninas são mágicos não são? ihih
Agora já estou bem.
Amanhã vou dormir o máximo que puder, para depois não ter sono.
Vou tomar banho, almoçar, vou à missa da catequese às 15h, à missa das 18h, e depois as 19:15 temos que ir para o local do espectaculo, que é o meu antigo colégio, para ensaiar e testar os micros.
Estão a ver a correria que vai ser? É pior do que isso!
O namorado da D. enquanto vamos testando os micros vai buscar comida ao mac para jantarmos, senão ainda dá uma coisinha má no palco a todos...
O espectaculo só acaba lá para a meia noite.
No domingo eu tentarei vir aqui num intervalo do estudo de matemática, o teste é quinta e eu tenho de subir a nota miserável que tive no anterior, e respondo aos vossos comentários!
Desculpem mil vezes!
Beijinhos, Nea*

1 esperanças

Isto tira-me do sério!

7 de março de 2014


Eu andei num colégio que foi uma das razões para ter a depressão, eu mudei de escola eu fiquei bem.
Mas agora estas porcarias, eu deixei de tomar os anti-depressivos caraças!
Eu não estou para voltar a tomá-los por causa desta gente, não mesmo!
É a minha mãe que descarrega em mim, é o concerto à porta e a F. a querer fazer as reuniões da pj no mesmo dia só para picar, é a minha turma a gerar confusão por causa do baile de finalistas que ia ser só um dos dias mais importantes...
Se a minha mãe continua assim amanhã e me estraga o musical, e se isto na minha turma continua assim com o baile...
Eu rebento de vez!
9 esperanças

A vigília.

3 de março de 2014

Bem, a tal vigília então...
Sexta a meio do dia recebemos a triste notícia de que a senhora que tratava da nossa igreja e coisas relacionadas tinha sucumbido ao cancro e falecido..
Ela deixou uma lista com os pedidos, o que queria que fizessem quando ela falecesse.
Ela sempre disse que não queria ir para a capela mortuária, e não foi.
Disse que queria o gj, os acólitos e os escuteiros na vigília, nomeadamente o gj e os acólitos juntos.
Disse que queria que o gj cantasse na vigília e que a tuna cantasse no funeral.
Disse que queria que deixassem que a sobrinha deixasse uma rosa no seu caixão para que fosse com ela, infelizmente este pedido não foi realizado...
Então sexta tivemos uma palestra no salão do patronato sobre Maria, e depois fomos para a vigília.
O padre que rezou foi quem ela pediu e tudo.
O caixão estava aberto, ela estava virada para o altar, o gj e os acólitos ficaram nas escadas do altar, ou seja, de frente para ela, a cantar para ela.
Junto à entrada estava uma lista com as tais coisas que ela pediu.
Um pouco atrás do caixão estavam as coroas de flores, à volta do caixão estavam os ramos.
E como a senhora era pequenina, aos pés dela estavam rosas, muitas rosas tipo a decorar. Em cima das rosas estava a camisola dos acólitos (pelo que o meu pai me disse no funeral já estavam 5 camisolas lá em cima, a do gj, a dos acólitos, a dos escuteiros, a da pastoral e não me estou a lembrar qual seria a outra)
Nós cantamos músicas lindas, as que mais me tocam do grupo, não chorei praticamente até o fim, a última música que cantamos foi a "Ninguém te ama como eu", no momento em que passamos da estrofe para o refrão, de mais ênfase digamos, a irmã da senhora, agarrou-se a ela, deu-lhe beijinhos e começou a cantar o refrão ao ouvido dela.
Eu já estou a chorar ao escrever isto.
As raparigas ficaram completamente sem palavras, a gente ficou entalada de tal maneira que não cantávamos, só se ouvia os homens, e e...
A minha tia foi, ela disse que a minha voz se destacava e que nessa música não me ouviu...
Assim como não ouviu o L. durante toda a vigília... Isso eu reparei, o rapaz costuma cantar, e muito, e ouve-se ao longe e tocar viola, ele naquele dia só tocou...
Eu não fui ao funeral (fui tirar o holter), mas quem foi às duas coisas diz que o funeral foi lindo também, mas que a vigília superou...
A minha prima disse que chorou muito no pai nosso, porque essa música da tuna é muito linda.
E que chorou muito quando o caixão estava a ser enterrado, e os escuteiros cantaram uma música da mãe, foi o L. que tocou e cantou, e a minha prima diz que só o ouviu a cantar aí...
E agora vou dizer-vos o porquê de me ter tocado e ter sido marcante...
Porque foi a primeira vez que eu vi uma pessoa, já morta, num caixão.Não, não me fez impressão nenhuma, apesar de a senhora ter sofrido de cancro e de estar inchada, não estava com uma imagem assim tão degradada.
Ver aquela senhora com uma vela roxa acesa no seu caixão fez-me, pela primeira vez, "acordar", cair em mim, perceber que aquela mulher que ali estava, estava morta... Fez-me perceber que a morte é algo que acontece mesmo, mais cedo ou mais tarde... E não há nada que se possa fazer para se evitar...
Caí em mim que querem?
Já para não falar nas circunstâncias em que a senhora morreu, e o facto de a sobrinha estar sempre a chorar me fazer lembrar eu há 3 anos e tal atrás...
1 esperanças

Sabem aquelas vezes todas que eu me queixei de ter uma semana super ocupada?

2 de março de 2014


Esqueçam isso tudo!
Esta semana, foi, do pior!
Eu só vi números à minha frente e não tenho teste quinta ou sexta...
Eu fiz testes intermédios de biologia.
Eu fui às aulas de código.
E no meio desta coisa toda ainda tive tempo de ir colocar holter na sexta, ir tirar no sábado. Ir a uma vigília. Ir ao ensaio do gj. Ir ao ensaio para o musical.
Cheguei a casa às seis da tarde, tive a descansar, jantei, vi umas coisas que tinha gravadas, e agora estou aqui.
Durante a semana soube que o Ed Sheeran vai actuar no Rock In Rio! Assim como o Boss AC, o Justin Timberlake, a Aurea...
Tem de acontecer tudo este ano?! Que lindo *.* (E eu não posso ir a nada!)
Amanhã tenho de vos contar tudo o que aconteceu e porque aconteceu a tal vigília e porque foi um momento marcante para mim...
Até amanhã!
4 esperanças
Pagina anterior Proxíma pagina Voltar Topo